sexta-feira, outubro 31, 2008

De Hilda Hilst & Zeca Baleiro, na voz de Zélia Duncan, "Ode Descontínua e Remota, para Flauta e Oboé, de Ariana para Dionísio, Canção VII".



Link para download do poema no canal do Poemblog no Divshare:
http://www.divshare.com/download/5366584-7b3

Canção VII

É lícito me dizeres que Manã tua mulher
virá à minha casa para aprender comigo
minha extensa e difícil dialética lírica
canção e liberdade não se aprendem

Mas posso encantada se quiseres
deitar-me com o amigo que escolheres
e ensinar a mulher e a ti Dionísio
a eloqüência da boca nos prazeres
e plantar no teu peito prodigiosa
um ciúme venenoso e derradeiro

Hilda Hilst
(1930-2004

Mais sobre Hilda Hilst em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hilda_Hilst

Um comentário:

viviane disse...

É a canção que eu mais gosto de todo o Cd, ousada...e linda.