terça-feira, maio 05, 2009

Minhalma estava naquele instante fora de mim, longe, muito longe. Chegaste e desde logo foi verão, diz Manuel Bandeira em apaixonada declaração.


Unidade

Minhalma estava naquele instante
Fora de mim longe muito longe

Chegaste
E desde logo foi verão
O verão com as suas palmas os seus mormaços os seus ventos de sôfrega mocidade
Debalde os teus afagos insinuavam quebranto e molície
O instinto de penetração já despertado
Era como uma seta de fogo
Foi então que minhalma veio vindo
Veio vindo de muito longe
Veio vindo
Para de súbito entrar-me violenta e sacudir-me todo
No momento fugaz da unidade

Manuel Bandeira
(1886-1968)

Mais sobre Manuel Bandeira em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Manuel_Bandeira

Um comentário:

Edi disse...

Meu adorável poeta...
Ah Manuel, teus versos são o colorido de minha alma que há muito não brilhava!