sábado, agosto 08, 2009

Lembrem de mim, pede Paulo Leminski. Por tudo como ele era, entre a pressa e a preguiça.


Lembrem de mim

lembrem de mim
como de um
que ouvia a chuva
como quem assiste missa
como quem hesita, mestiça,
entre a pressa e a preguiça

Paulo Leminski
(1944-1989)

Mais sobre Paulo Leminski em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_Leminski

Um comentário:

Godet disse...

Os bons seram lembrados mesmo no silêncio!!!