sábado, fevereiro 07, 2009

Quem já ouviu a canção, raramente sabe de quem são esses lindos versos. Mas quem conhece a obra do poeta Carlos Pena não fica nem um pouco surpreso.


A mesma rosa amarela


Você tem quase tudo dela,
o mesmo perfume, a mesma cor,
a mesma rosa amarela,
só não tem o meu amor.

Mas nestes dias de carnaval
para mim, você vai ser ela.
O mesmo perfume, a mesma cor,
a mesma rosa amarela.
Mas não sei o que será
quando chegar a lembrança dela
e de você apenas restar
a mesma rosa amarela,
a mesma rosa amarela.

Carlos Pena Filho
(1929-1960)

Mais sobre Carlos Pena Filho em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Carlos_Pena_Filho

Um comentário:

Rachel disse...

Por causa dessa música a Rosa amarela se tornou uma das minhas flores favoritas...