terça-feira, fevereiro 15, 2011

Você está tão longe que às vezes penso que nem existo. Nem fale em amor que amor é isto, queixa-se Leminski em versos.


Você está tão longe

Você está tão longe
que às vezes penso
que nem existo

Nem fale em amor
que amor é isto

Paulo Leminski
(1944-1989)

Mais sobre Paulo Leminski em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_Leminski


2 comentários:

Liana disse...

O amor é isso e muitas estranhezas mais.

Greyce Kelly disse...

muito além do que qualquer definição...