terça-feira, fevereiro 26, 2013

Maiakovski diz que não acabarão com o amor. E faz o juramento: amo firme, fiel e verdadeiramente.


Dedução


Não acabarão com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo firme,
fiel
e verdadeiramente.

Vladimir Maiakovski
(1893-1930)

Mais sobre Vladimir Mayakovsky em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Vladimir_Maiakovski

4 comentários:

John Lennon disse...

Belo poema. De quem é a tradução?

John Lennon disse...

Belo poema. De quem é a tradução?

Jorge Leandro disse...

Encontrei seu blog por acaso e estou extasiado com os poemas aqui postados. Você selecionou coisas realmente espetaculares.

JOSE ANTONIO LEAO RAMOS disse...

A tradução é do poeta Augusto de Campos.
O Editor